Categorias

Slide

728x90


Eu sempre prestei atenção nos detalhes, e a maneira na qual os teus detalhes se revelam, é assustador. Teu sorriso bobo e todas as outras coisas bobas, quais eu só imagino vindo de você, todo o carinho, os elogios que certamente são muito escutados por muitas outras meninas, talvez para elas, passe despercebido, mas para mim, cada palavrinha saindo da tua boca tremula, me faz suspirar, e eu certamente tomaria mais cuidado se eu imaginasse que meu coração idiota iria resolver por ti bater descontroladamente.

E eu imagino, nós e todos os nossos momentos, como se eles fossem se repetir, ou de maneiras diferentes quais poderiam ter acontecido, parece loucura, mas mesmo sabendo que não, que não devo sentir vontade, que não devo simplesmente sentir, eu sinto, e sinto vontade de desbravar o mundo ouvindo o som da tua gargalhada no meu carro velho, seguindo por uma estrada sem direção, mas você parece tão relutante, que diferente de mim, não está disposto a cair nesse sono gradativamente que é uma paixão.

Mas eu sinto que os teus olhos te entregam mais do que as palavras, e isso só comprova, que são nos detalhes, em que talvez a nossa história esteja escrita ou é lá onde será, é como se dois corpos diferentes estivessem destinados a viverem juntos, como se duas almas opostas se encaixassem, mesmo sem que quaisquer das duas, consiga entender, é como se nossas almas fossem amigas e queiram permanecer unidas por muito tempo enquanto mais um de nossos abraços acontece.

Não sou capaz de explicar como qualquer coisa que aconteça com você me paralisa, já não pareço tão durona, e meus nãos, se travam e acabam se tornando sim, é como se independentemente de tudo, valesse a pena viver só aquele momento, mesmo que depois nenhum outro viesse a acontecer... Mas você sabe que nem todas as histórias são tão lindas, como as dos livros que eu leio e que também a vida real, tão dura, faz questão de nos afastar.

Sem previsões, sem motivos e sem razão, simples assim, não podemos prever o que vai acontecer e se vai acontecer, pode ser amanhã, daqui um ano, dois talvez, ou de repente não vai acontecer, mas mesmo assim, a prova que você existe é a certeza de que muitas outras coisas existem, é comprovar as voltas malucas que a vida da, é ter a certeza que por mais que eu possua o controle dos meus atos, meus sentimentos são incontroláveis, é comprovar que é possível se encantar, se apaixonar, viver diferentes histórias, mas por fim, ter sempre apenas uma lembrança pra recordar, dentro de tantas outras histórias em um álbum.

É saber que a vida é assim, andar devagarzinho, sentir a brisa de leve, é pegar um ônibus sentar na janela, sentir o vento gelado encostar-se ao rosto, e naquele momento ter a certeza de que tudo, tristezas, decepções, sorrisos e canções, que tudo vale a pena, que somos de carne osso, que nascemos pra sentir e que por mais que tudo seja inconstante, vamos permanecer sentindo até o fim do nosso respirar.

E que bom, é estar vivo, e que bom é poder ver só mais esse sorriso, que bom é poder sentir mais esse arrepio, seres errantes somos, errando  estamos, até quando o tempo nos permitir, é como se viver, fosse sempre uma ida de volta pra casa.

0
Comentários
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

Comente pelo Blog!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *