Categorias

Slide

728x90


Não adianta, alguma coisa estava me dizendo que era preciso um tempo. 

E um tempo foi dado, entre nós dois. Sem que a gente percebesse. Minha mente gritava para ser forte e permanecer bem longe, mas meu corpo fraco seguiu seu perfume, só que o destino sabia que nós dois precisávamos um tempo longe ficar.

E então lhe procurei, envergonhada pelos cantos, foi bom não lhe encontrar, porque no fundo do meu peito eu sabia que não era a hora. Que não era a hora de eu encarar seus olhos castanhos me fitando como se conseguisse enxergar por trás de todas as marcas, por trás de toda maquiagem. 

Não estava pronta para negar e para aceitar. Negar você e aceitar que não é pra ser. Poderia ter sido mais uma dessas noites qualquer, que no fim da noite nossos corpos acabam se encontrando. Mas foi diferente, não só porque você não estava ali, mas porque eu sentia que eu não deveria estar ali também.

Porque se ainda existia algum pingo de esperança, todos caíram com a chuva daquela noite, eles me molharam e eu senti. Você era só mais um daqueles rapazes descartáveis que eu estava olhando dançar com todas as meninas, que beijava uma e corria para implorar a atenção de outra.

E eu? Eu não podia ser aquela menina da ponta, esperando que ele acorde e perceba. "Caramba ela é boa demais pra mim, não posso deixa-la escapar." e em um minuto eu percebi que eu era, exatamente, eu era, porque não seria mais.

Eu me importo, eu torço por você, só que existe algo entre nós dois, e se chama "Amor próprio" e ele é maior que minhas vontades. Talvez seja hora de eu dar mais atenção para isso. Eu sei que a vida da voltas e que o mundo é pequeno, e que inevitavelmente muitas coisas ainda estão para acontecer.

Mas resolvi aceitar esse tempo e aceitar as mudanças que precisam ser aceitas. Sabe, aprender a me afastar do que me retém, do que me faz mal. Cuidar do que precisa ser cuidado, alimentar dentro, proteger, porque sei que somos de carne e osso, mas sei que somos feito de coração...lhe encontro, se nosso caminho for seguir a mesma direção!

10
Comentários
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

10 Comentários

  1. É bom quando realmente aprendemos e aceitamos queé preciso deixar algumas coisas irem embora, sabe? Memso quando o "tempo" vira "pra sempre"... ^^
    Lindo texto! :D
    Beijo, Min - http://qualeoseuladob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Odeio deixar algo que amo ou que gosto ir, pois "por polco tempo" pode virar "para sempre" :(

    ResponderExcluir
  3. Temos que aceitar que é preciso deixar algumas coisas irem embora, néh?
    Amei o texto ♥

    Beijos
    http://blog-garotaimperfeita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa estou encantada pela forma que você escreve, realmente temos que deixar algumas coisas partirem...

    www.preparadasparamatar.blogspot.com

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *