Categorias

Slide

728x90


O problema é que eu dava liberdade pra que todo mundo ultrapassasse meus limites!

Começa, que eu nunca aprendi a dizer não, parece bobo, mas deveria existir um curso, com algumas regras básicas, porque eu sou o tipo de pessoa que sempre me importei, ah...como me importei, então eu sempre tive dificuldade em dizer não, dizer "não mexe ai, não bagunça aqui, não faça isso, seu lugar não é aqui, não me magoe..." foram coisas que por exemplo, não falei, porque travei, parei e paralisei. Engoli a seco, e fui empurrando com a barriga tudo, como se os pesos e medos não me acorrentassem, até que um dia tentei sair correndo, mas não consegui, estava presa de mais.

E todas aquelas correntes começaram a me sufocar, então eu percebi que sempre disse não, mas para as pessoas erradas, tentando não dizer para todo mundo, eu vivia me dizendo não, me autossabotando, mas parecia tão menos ruim assim, mas pera ai, eu estava enchendo meu coração de coisas ruins, e por quanto tempo mais eu permaneceria assim?! Eu sempre soube que aquilo que não mata, fere, e eu estava completamente cheia de feridas, estava acorrentando minha própria alma, só que a diferença de mim para eles, é que eles não, eles não poupavam suas palavras e nem suas negações, e quando eu percebi isso, foi quando notei que as correntes existiam, mas que eu própria possuía as chaves.

Então, tratei logo de me desprender, é, larguei meus pesos, não sai distribuindo nãos, mas aprendi a dizer coisas como por exemplo: "pera ai, hoje não, agora não, não, isso já não vai me fazer mal." E assim fui me soltando aos poucos, e olha que ficou até mais fácil de enfrentar as coisas. Porque finalmente eu percebi que tudo pode mudar, sim, de uma hora pra outra, quando a gente permite que a mudança se instale em nosso ser.

Até a forma de pensar, a gente muda, a gente inventa e reinventa, e aprende com cada tombo, com cada mancada, com cada erro. Até se desprender faz parte de viver, porque crescemos andando sobre os espinhos tanto quanto andando sobre as rosas. E pouca coisa na vida é tão bonito, quando o vento gelado encostando sobre nossos rostos, nos fazendo ter a certeza de que tudo vale a pena, de que ainda existe muito tempo e que tudo que vem, uma hora ou outra pode voltar, como ir também, pra nunca mais.

Sem pensar que nunca mais, é tempo demais! Porque a cada momento ruim, saímos como pássaros recém nascidos, aprendendo a voar. Entendendo que são as nossas escolhas que vão dizer pra onde iremos, e que as vezes é importante apenas voar....

36
Comentários
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

36 Comentários

  1. Maravilhoso como sempre! Vc sempre faz textos ótimos, mas alguns me tocam mais que os outros ♥
    Beijo
    Letícia Vitória
    http://leticiaeoutrascoisass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. também já tive muita dificuldade
    em dizer "não" hoje falo um pouco mais
    mais preciso aprender
    a falar mais não também

    Linda Semana
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto, bem reflexivo, faz agente realmente pensar se esta dizendo não as pessoas certas ou erradas. Eu acho que estou no caminho certo, sendo fiel a quem sou e aos meus propósitos.

    Bjos Alê e suas Singularidades
    http://aleesuassingularidades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sabe que até hoje eu tenho dificuldades em dizer NÃO... rsrs
    As vezes disfarço outras incorporo uma personagem negadora... (desenvolvi essa estratégia.. rsrs)
    Realmente, as coisas ficam muito mais fáceis.
    Fico tão boba como você escreve bem e como trata assuntos tão atuais com belas palavras.
    Muito lindo o seu texto, amore. <3

    Beijinhos
    www.julianefreire.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awnnnnnn linda, e eu fico tão boba com todos os teus comentáriossss, muito obrigada pelo carinho <3

      Excluir
  5. Caramba, que texto maravilhoso, faz a gente refletir pensar nas coisas que fazemos e pra quem fazemos :/

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto.
    Eu comecei a dizer não, pois por muito tempo me senti sendo usada e isso me incomodava muito e por "N" motivos eu hoje em dia antes de dar uma resposta eu analiso muito e se for pr falar "não" eu falo numa boa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Você sempre arrasa no seus textos Ivana..
    Fico impressionada com seu talendo !!
    Sucesso sempre !
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ai que texto lindo, dizer Não nem sempre é fácil mas muitas vezes é preciso. Trabalho isso diariamente comigo mesma.
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa q texto incrivel, super me identifico!!!
    A gente que deixa as pessoas abusarem da gente!
    Ainda sofro com isso até hoje...arrasou
    beijos
    www.estiloaqualquercusto.com

    ResponderExcluir
  10. Amei profundamente o seu texto, me tocou tanto na alma.
    Porque na maioria das vezes a gente se magoa para não dizer um não, e como você disse causa feridas na alma.
    Quantas vezes á senti essa dor de ter de recomeçar por outros caminhos para fugir dos espinhos.
    Tem muito de mim em cada frase.
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, fico muito felizzz com comentários desse <3

      Excluir
  11. Dizer não é tão dificil mas a falta dele torna tudo tão dificil pra nós... e é incrivel como o bem estar pessoal é sempre nossa última escolha né?
    Adorei seu texto pois me identifico demais... vivo esse dilema.
    Beijos e boa sorte pra nós!
    www.doce-feito-pimenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Me identifiquei total. Era exatamente assim, na verdade ainda sou um pouco.
    Muito bom to texto. Bjão

    ESTÁ ROLANDO SORTEIO DE NATAL LÁ NO BLOG, VEM PARTICIPAR!!!
    http://blogdajeu.com.br/presente-de-natal-concurso-com-bella-mulher-shopping-das-maquiagens/

    ResponderExcluir
  13. Maravilhoso minha querida! As vezes devemos deixar o receio de lado, e tentar fazer algo que irá nos fazer bem ... sem ter aquele sentimento ruim sabe? Dizer não e sim na hora certa e libertador ,e saber a hora certa e sábio e maravilhoso ;) bjkas queridona.

    ResponderExcluir
  14. Nossa que lindo o texto.
    Dizer não é difícil mesmo, temos medo de magoar as pessoas e esquecemos de nós né
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  15. É exatamente assim que estou, machucada, presa aonde eu penso qie vao fazer oq seria pra dois, tenho que me desprender desses pesos que ha em mim
    Bjs

    mamaenthan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu sou meio molenga também tanto que já me fizeram muito de boba mas a gente sempre aprende com nossos erros né? Depois que minha filha nasceu aprendi a dizer não pois não queria que ela crescesse dondoca e sem freio algum. Ensinando aprendemos também. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza e muitas vezes aprendemos ainda mais ensinando!!

      Excluir
  17. Muito bom seu blog.
    Parabens.

    Da uma visitinha no meu.
    Alemay Adesivos de Unhas
    www.alemayadesivos.com.br

    ResponderExcluir
  18. Tag: Liebister Award

    Oiiii!!! O seu blog foi indicado para essa tag: Tag Liebster pelo blog da Juliana Editions ( http://juliana-editions.blogspot.com.br ).
    Essa tag é com o intuito de ajudar blogs que estão começando a se enturmarem e uns ajudarem aos outros.
    Vocês blog que foram escolhidos por mim, seguem esses passos:

    Regras:

    1- Escrever 11 Fatos sobre você
    2- Responder as perguntas de quem te indicou
    3- Indicar de 11 a 20 blog com menos de 200 seguidores
    4- Fazer 11 perguntas para quem te indicar
    5- Colocar um imagem que mostre o selo Lebister (Pegue a imagem em meu blog)
    http://juliana-editions.blogspot.com.br/2015/01/tag-liebister-award.html
    6- Linkar quem te indicou


    1- Escrever 11 fatos sobre você

    2- Responder as 11 perguntas de quem te indicou:

    PERGUNTAS
    1- Por que decidiu criar um blog?
    2- Qual sua profissão?
    3- Que blogs você costuma acompanhar?
    4- Tem algum blogueiro/a de qual você seja fã?
    5- Qual a pior coisa no mundo dos blogs?
    6- O que você diria para quem está começando a escrever posts?
    8- Em sua opinião, qual o futuro dos blogs?
    9- Você prefere blog ou vlog e por quê?
    10- Qual a melhor coisa em ser blogueiro?
    11- Você vê o blog como profissão ou hobbie?

    http://juliana-editions.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Dizer não ou nunca estão fora do meu dicionário em 2015!

    Criei uma promoção do dia do fotográfo + aniversário de SP, venha participar!
    http://abelanaoafera.blogspot.com.br/2014/12/promocao-dia-do-fotografo-e-aniversario.html

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *